2018-10-11

O projeto Towards 5G venceu o BfK Awards*, atribuído pela ANI, no âmbito do Altice International Innovation Award (AIIA) 2018. Esta distinção reconheceu a criação de um potente processador, com recurso à tecnologia fotónica, que vai garantir o acesso à internet à metade da população mundial que continua sem acesso.

A tecnologia foi desenvolvida por Vanessa Duarte, investigadora do Instituto de Telecomunicações (IT) da Universidade de Aveiro (UA), em parceria com a Innovations for High Performance Microelectronics (IHP), da Alemanha, e conquistou o também o prémio “Academia” no AIIA 2018.

Na prática, a investigadora portuguesa desenvolveu um potente processador para o núcleo dos satélites de comunicações que lhes confere a explosão de capacidade que é necessária para poder alargar o acesso à internet a toda a população mundial. E tudo com ganhos na qualidade de serviço e redução de custos. Com esta tecnologia, a nova geração de satélites de comunicações será mais pequena e gastará menos energia.

A distinção BfK Awards valeu a Vanessa Duarte um prémio monetário de 5 mil euros, o troféu “Árvore do Conhecimento” e a oportunidade de beneficiar de acompanhamento do seu projeto pela ANI.

 

Notícias relacionadas:

Altice Portugal premeia nova geração de sistemas de telecomunicações para satélites (in Diário de Notícias)

 

*A distinção BfK Awards é cofinanciada pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020) do Portugal 2020.

 

Os Cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar os nossos serviços, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização. | Mais informações